0300 313 2451

Seja um franqueado Conexlog

BLOG

Sistemas de armazenagem utilizados em logística

A logística de armazenagem evoluiu muito nos últimos anos. Antes vista apenas como uma etapa operacional dentro da empresa, hoje ela se tornou uma ação estratégica essencial para melhorar o desempenho no mercado. O controle adequado dos produtos, insumos e materiais é fundamental para garantir que a empresa consiga atender à demanda no tempo certo, facilitar a produção e distribuição dos itens e proporcionar aos consumidores uma experiência de compra positiva.

Neste texto, vamos explorar como funciona a logística de armazenagem e porquê sua empresa precisa começar a se preocupar com ela.

Como a logística de armazenagem funciona?

A logística de armazenagem desempenha um papel crucial na gestão eficiente do estoque de uma empresa. Por meio de ações coordenadas, essa área busca regular o fluxo de produtos e garantir que a conservação e o armazenamento dos itens sejam realizados adequadamente. Com isso, a empresa é capaz de obter uma série de benefícios:

  • Aumentar a segurança dos produtos, insumos e matérias primas;
  • Auxiliar na utilização correta dos recursos;
  • Equilibrar ofertas em todas as épocas do ano; 
  • Evitar os desperdícios; 
  • Garantir a produtividade;
  • Maximizar a eficiência da mão de obra;
  • Melhorar o processo de produção; 
  • Reduzir os custos com instalações, mão de obra e armazenamento;
  • Ter maior controle sobre as perdas.

No entanto, uma empresa que busca otimizar sua logística de armazenagem precisa ter em mente a importância de executar corretamente todos os procedimentos internos. Isso significa desde a organização dos materiais até a gestão adequada do estoque. A falta de atenção a essas etapas pode gerar problemas como extravio de produtos, dificuldades na localização dos itens e até mesmo perdas financeiras.

Portanto, é fundamental garantir que todos os colaboradores estejam conscientes da importância dessas práticas e sejam capacitados para realizá-las de forma eficiente. Somente assim será possível alcançar uma logística eficaz, com ações estratégicas bem executadas e resultados satisfatórios para a empresa.

Etapas de armazenagem na logística

Entradas

O recebimento das mercadorias é uma etapa essencial para o bom funcionamento dos estoques. Para garantir que o acesso até os paletes ocorra de forma correta, é fundamental que essa etapa seja organizada com antecedência. O gestor e sua equipe podem agilizar esse processo organizando o local de desembarque para receber os caminhões, além de garantir que os transportadores se posicionem corretamente para realizar o descarregamento com segurança. Além disso, é importante que a empresa faça uso dos equipamentos adequados para facilitar a retirada e a movimentação dos paletes. Dessa forma, a equipe poderá otimizar o recebimento das mercadorias e evitar possíveis problemas no controle de estoque.

Estoque

Após o recebimento das mercadorias, é fundamental que os operadores realizem a verificação dos produtos. Essa etapa é de extrema importância, pois tem como objetivo garantir que todas as informações presentes na nota fiscal estão corretas, desde os dados do remetente e destinatário até a descrição e quantidade dos itens adquiridos. Além disso, é necessário conferir se as mercadorias estão em bom estado e se correspondem ao que foi solicitado. Somente após confirmar a legitimidade dos documentos e a integridade das mercadorias, os operadores podem direcioná-las para a estocagem. É essencial que essa etapa seja feita com cuidado e atenção para evitar problemas futuros e garantir um fluxo eficiente do processo logístico.

Identificação 

Nesta etapa do processo, é fundamental que os colaboradores realizem a identificação e o lançamento dos itens com muita atenção e precisão. Isso se deve ao fato de que os dados das mercadorias devem ser inseridos corretamente no sistema de armazenagem da empresa. É essencial que as informações contidas no software estejam em conformidade com os dados de cada produto, a fim de facilitar tarefas futuras, como a elaboração de inventários ou a localização dos itens para a comercialização. Essa prática garante uma gestão eficiente do estoque e contribui para a organização do ambiente de trabalho.

Fracionamento 

A separação de produtos é uma etapa fundamental no processo de distribuição e armazenamento de mercadorias. Quando os paletes são desfeitos, os produtos precisam ser fracionados e organizados de acordo com suas características. Essa tarefa demanda tempo e atenção para diferenciar, selecionar e distribuir cada item individualmente. É importante que os profissionais responsáveis por essa etapa estejam familiarizados com as especificações de cada produto, garantindo assim a correta separação e o posterior envio aos destinos adequados. Além disso, a utilização de sistemas automatizados pode facilitar esse processo, agilizando a identificação e movimentação dos itens. A separação de produtos é essencial para garantir uma operação eficiente e o atendimento das demandas dos clientes de forma precisa e ágil.

Tipos de armazenagem

A eficiente gestão de estoque é um dos pilares fundamentais para o sucesso de qualquer empresa que lida com a venda de mercadorias. Assim que os caminhões entregam as mercadorias e é feita a estocagem, identificação e separação dos produtos, está na hora dos profissionais distinguirem qual é o tipo certo de armazenamento para cada item. Essa etapa crucial exige conhecimento e organização, garantindo que cada produto esteja adequadamente categorizado e disponível para ser localizado com facilidade quando necessário.

Quando lidamos com mercadorias, é fundamental ter em mente que cada uma delas possui características distintas que devem ser levadas em consideração. É necessário redobrar a atenção para evitar danos durante o manuseio ou transporte desses bens. Existem alguns fatores que podem ser avaliados nesse procedimento, como o peso, formato e validade dos produtos. Ao analisar essas características, é possível determinar a melhor forma de armazenar, embalar e movimentar cada mercadoria de maneira adequada, garantindo sua preservação e evitando prejuízos. Portanto, é essencial estar atento a essas peculiaridades para assegurar a qualidade e integridade das mercadorias durante todo o processo logístico.

A partir das particularidades de cada item, os operadores podem optar por realizar a armazenagem de cinco formas:

  • Armazenagem por agrupamento:  otimiza o fluxo de movimentação no estoque, uma vez que produtos semelhantes ou relacionados são mantidos juntos. Isso significa que os funcionários não precisam percorrer longas distâncias para encontrar um único item, reduzindo o tempo gasto na busca e aumentando a eficiência operacional. Dessa forma, o armazenamento por agrupamento se mostra como uma estratégia inteligente para maximizar o espaço físico e melhorar a logística interna da empresa.
  • Armazenagem em área externa: é uma grande aliada para empresas de diversos setores. Além de reduzir custos com instalações, essa modalidade de armazenamento oferece a possibilidade de otimizar os espaços internos, garantindo uma organização mais eficiente dos materiais. No entanto, é preciso estar atento aos cuidados necessários para preservar a qualidade e a segurança dos itens armazenados, como proteção contra intempéries, o uso de embalagens adequadas e um controle rigoroso do inventário.
  • Armazenagem por frequência: é uma estratégia importante para a gestão eficiente do estoque de uma empresa. Ao considerar o giro do estoque, ou seja, a velocidade com que os produtos são vendidos e repostos, a empresa consegue facilitar a saída de determinados produtos. Essa forma de armazenagem é interessante justamente porque coloca em destaque as mercadorias mais requisitadas pelo mercado, agilizando sua localização e facilitando o processo de distribuição. Dessa forma, a empresa consegue atender melhor às demandas dos clientes e maximizar seus lucros.
  • Armazenagem por tamanho:  se baseia na organização dos produtos conforme suas características semelhantes, visando a otimização do espaço disponível. Nesse método, os itens são dispostos de forma ordenada de acordo com suas dimensões, buscando aproveitar ao máximo cada centímetro cúbico do estoque. Dessa forma, é especialmente relevante em locais onde o espaço é limitado e precisa ser aproveitado da melhor maneira possível para aumentar a eficiência e reduzir custos operacionais.
  • Armazenagem especial: é uma prática fundamental para garantir a segurança e a qualidade dos produtos em empresas que lidam com materiais sensíveis. Ao utilizar ambientes climatizados ou isolados, é possível evitar danos causados por variações de temperatura, umidade excessiva ou até mesmo riscos de incêndio. Além disso, essa modalidade de armazenagem também é essencial para conservar as mercadorias que requerem refrigeração, mantendo sua integridade ao longo do tempo.

Sistemas de armazenagem

  • Porta-paletes: a utilização dos porta-paletes é essencial para otimizar o espaço de armazenamento e suportar cargas pesadas. Com estruturas de aço resistentes, eles permitem a verticalização do ambiente, possibilitando o armazenamento de paletes em estruturas superiores. Para acessar essas estruturas, empilhadeiras são utilizadas, garantindo agilidade e eficiência na movimentação dos paletes. Com isso, localizar e mover os paletes torna-se uma tarefa simples e prática, sem a necessidade de deslocar outras cargas. Os porta-paletes são indispensáveis para um sistema de armazenagem moderno e eficiente.
  • Racks: são essenciais para garantir a organização e o aproveitamento máximo do espaço nos estoques. Com sua estrutura de metal resistente, eles permitem a verticalização do armazém, possibilitando armazenar mais itens usando o mesmo espaço disponível. A capacidade de empilhamento seguro dos paletes previne danos aos materiais e, consequentemente, prejuízos financeiros. Além disso, a localização e movimentação dos paletes são facilitadas, sem necessidade de mover outras cargas. Os racks são a solução ideal para otimizar o espaço e garantir uma gestão eficiente do estoque.
  • Mezanino: com esse sistema é possível maximizar o espaço do armazém, aumentando a capacidade de estocagem. Além disso, o acesso aos produtos se torna mais fácil e rápido, facilitando as operações de picking e expedição. Com prateleiras adequadas, é possível organizar os itens de forma eficiente, otimizando o tempo dos colaboradores e reduzindo erros nos processos. O uso do mezanino também oferece maior segurança aos materiais armazenados, evitando danos e prejuízos.
  • Carrossel: esses sistemas proporcionam uma grande otimização do espaço disponível, já que as prateleiras se movem de forma vertical, aproveitando a altura das instalações. Isso resulta em maior capacidade de armazenamento e maior eficiência na organização dos produtos. Além disso, esses sistemas são extremamente versáteis e permitem um acesso rápido e fácil aos itens armazenados, garantindo agilidade nos processos logísticos.
  • Flow rack: solução eficiente para o armazenamento de itens leves e pequenos. Com suas prateleiras inclinadas, permite que as caixas deslizem facilmente, otimizando o processo de reposição. Se um item se esgota, basta utilizar a caixa localizada na parte de trás, indicando a necessidade de repor aquele material. Com o flow rack, a organização e agilidade no estoque estão garantidas.
  • WMS: o sistema WMS é uma ferramenta essencial para a gestão eficiente de armazéns. Com ele, é possível automatizar processos, otimizar o espaço disponível, controlar as movimentações e os níveis de reposição, além de gerenciar inventários. Não se trata apenas de um software de registro de dados, mas sim de uma solução inteligente que auxilia no planejamento e na tomada de decisões.

Desafios da armazenagem

Garantir a eficiência na logística de armazenagem é um desafio que muitas empresas enfrentam. Apesar de parecer um procedimento simples, a conservação e o armazenamento adequado dos itens requerem um cuidado meticuloso. Com diversas etapas envolvidas, desde o transporte até a distribuição, a empresa está sujeita a possíveis falhas, erros e prejuízos. Entre eles:

  • Aproveitar melhor a mão de obra e os equipamentos;
  • Conservar a qualidade dos produtos;
  • Conseguir mais eficiência na separação dos itens;
  • Controlar a quantidade certa de produtos em estoque;
  • Manter inalterada as características das mercadorias;
  • Maximizar o uso de todos os espaços;
  • Reduzir os custos relacionados à manutenção, conservação e armazenagem;
  • Ter controle sobre as entradas e saídas de produtos. 

Por que a logística de armazenagem é importante?

Para garantir que a conservação e o armazenamento dos itens sejam feitos corretamente, é fundamental que a empresa tenha um controle eficiente sobre todo o seu estoque. Ao saber a quantidade de produtos disponíveis, identificar itens danificados e distinguir entre mercadorias mais recentes ou antigas, a logística de armazenagem permite à empresa obter esse controle tão necessário. Além disso, essa abordagem traz inúmeros benefícios, como a economia de recursos e melhores resultados.

Se você gostou desse tema e está precisando de ajuda na logística e transporte ou deseja ter acesso a outros conteúdos para reduzir os custos e agilizar processos, não deixe de nos acompanhar. A Conexlog é especialista em transporte multimodal.

Quem viu esta notícia, também curtiu

A robótica e a automação estão transformando o setor logístico em um ritmo acelerado, revolucionando as operações...
Você está procurando uma solução de transporte que combine eficiência, flexibilidade e economia? Nosso serviço de frete...
A cadeia de suprimentos é um sistema complexo e globalizado que envolve diversos elos, desde a produção...